domingo, 25 de setembro de 2016

Queria escrever

Tanto tempo sem atualizar o blog, sem escrever o que me consome, sem botar pra fora o que incomoda. Escrever sempre me foi terapêutico e totalmente necessário mas por vários motivos há muito não o fazia.

A gente pensa que sabe das coisas, que conhece as pessoas e que pode mudar o mundo mas na verdade não mudamos nem nós mesmos. É domingo, não estou em casa e não estou na rua, não estou feliz nem triste e quero compartilhar algo que não sei o que é mas que preciso colocar para fora.

A vida tem dessas coisas da gente nunca saber o que se é certo né? Olha todo mundo seguindo um caminho que leva a morte, tentando sobreviver na sorte, torcendo pro melhor acontecer.

Há pouco mais de um mês minha mão descobriu que meu irmão desaparecido há um ano e meio estava morto e enterrado, eu não lembro a data da ultima vez que o vi mas lembro que nós brigamos (pra variar), lembro de ver ódio em seus olhos, lembro de chorar sozinha em casa depois.

A gente não sabe quando vai ver a pessoa pela ultima vez, não sabe nem se a verá uma ultima vez.

A gente não sabe nada!

  • Não sabe tratar os amigos;
  • Não sabe tentar ser feliz;
  • Não sabe sorrir ou chorar;
  • Não sabe se expressar;
  • Não sabe ter bom senso;

A gente não sabe ser gente! E passamos a vida sem saber e sem tentar aprender.

Não quero retribuir a maldade, não quero me informar das coisas ruins da sociedade, não quero te fazer chorar, sofrer ou sentir dor. Quero que em todas as coisas, todos consigam enxergar amor.

Quero dormir e quando acordar encarrar mais uma semana com amor.

                                        Resultado de imagem para fotos para blog

Nenhum comentário:

Postar um comentário